Telhados refletivos (frios ou brancos) cerÂmicos e metÁlicos

A cor e a natureza dos materiais usados nos nossos telhados não é apenas uma questão estética. É também, antes de mais, uma questão energética e ambiental, que interfere fortemente com os nossos gastos em ar condicionado.

A este propósito, há que não esquecer que os telhados nunca são uma fonte útil de calor solar, mesmo em climas frios ou temperados. Nestes climas, os tetos e sótãos devem estar adequadamente isolados para evitar perdas de calor durante o período frio do ano, o que inviabiliza ganhos úteis de calor solar nos períodos de tempo frio.

Daí a vantagem – em todos os climas: quentes, frios, moderados – de telhados refletivos ou frios, ou seja, de telhados e coberturas que pelas suas propriedades e cor reflitam o máximo possível a luz e o calor solar e evitem o sobreaquecimento dos espaços por debaixo desses telhados.

É uma forma de aumentar o nosso conforto térmico, ao mesmo tempo que reduzimos os gastos em climatização e protegemos o ambiente (o ar condicionado é, a nível mundial, uma causa de emissão de biliões de toneladas de gases de estufa).

telhados brancosA cor dos telhados

Considere materiais de cores claras ou mesmo brancas. Telhas cerâmicas brancas ou muito claras têm uma refletividade de cerca de 70% (numa escola de 0 a 100%), o que é um excelente valor. Por si só, telhas brancas ou muito claras, podem baixar as temperaturas no interior dos edifícios em pelo menos 2-3º centígrados.

Telhas cerâmicas e refletividade

Os telhados cerâmicos tradicionais são uma boa opção sob o ponto de vista energético e ecológico, nomeadamente os de cores mais claras.

Eles podem vir em muitas tonalidades, mas as mais claras, designadamente as brancas, são a melhor opção sob o ponto de vista térmico-energético.

Outras vantagens dos materiais cerâmicos:

- a sua forma curva permite uma boa ventilação;
- a possibilidade de serem recicláveis;
- a boa durabilidade: eles podem durar décadas, sem necessidade de manutenção significativa, resistindo a condições externas muito adversas.

Telhados metálicos: refletividade

Há poucos materiais capazes de ombrear em termos de durabilidade e valor térmico com os novos telhados metálicos, nomeadamente os de cor branca ou clara. Os novos telhados metálicos – de alumínio anodizado e galvanizado, ou de produtos ligados ao aço – são muito eficientes energeticamente em climas quentes e moderados, e sem os problemas associados aos telhados metálicos tradicionais: não enferrujam, ou não colocam problemas sonoros.

Os telhados metálicos modernos são seguros e podem suportar ventos extremos e condições térmicas muito adversas; eles apresentam-se em múltiplas formas, incluindo a forma de telhas.

São, além disso, como dissemos, os telhados com melhor refletividade: entre 70 e 80%, no caso dos telhados de cor branca. Embora a questão da cor possa em grande parte ser ultrapassado por via de pigmentos refletivos especiais, incorporados nos materiais metálicos, as cores muito claras são sempre vantajosas.

Outros materiais

Há, de qualquer modo, outros materiais com boas características energéticas e ambientais. É o caso de membranas como o vinil branco (em telhados planos) e de materiais pouco usados no Brasil ou em Portugal, mas que podem ser boas opções. Ver: Isolamento de telhados planos

 

 

Top or Home PageConteudo relacionado
Contents Topo .... Inicio