Sistemas de aquecimento solar de Água: TermossifÃo vs. outras Alternativas

Os sistemas de aquecimento de água por via solar podem variar significativamente no seu desenho, qualidade e funcionalidades. Além de variarem no tipo de coletores solares (planos, tubulares…), eles podem também variar no tipo de componentes, de acordo com o clima e as utilizações.

No caso dos climas brasileiros e portugueses o sistema mais comum e o que melhor responde às necessidades das nossas casas é chamado de termossifão.

Aquecedores solares do tipo termossifão

Sempre que vir coletores solares com um cilindro imediatamente acima desses coletores, está provavelmente perante um sistema do tipo termossifão – um sistema simples e fiável, e o mais comum a nível mundial.

O sistema termossifão típico não têm motobombas para fazer circular a água, ou sensores ou fluidos anticongelantes (eles não são adequados para climas frios, em que o risco de congelamento de água é significativo).

Sistema aquecimento de água termossifãoFuncionamento dos sistemas termossifão

O sistema baseia-se no princípio da convecção e da circulação natural da água: a água quente sobe, a água fria desce. Ou seja: a água circula entre os coletores e o reservatório térmico do sistema automaticamente, devido à força criada pelas diferenças de temperatura. Quando entra no painel, a água aquece e sobe até ao tanque (cilindro) termicamente isolado, onde é armazenada até ser utilizada.

Os sistemas termossifão podem no entanto ter circulação forçada, ou seja, podem usar uma bomba hidráulica associada a um sensor de temperatura; sempre que esse sensor deteta que a energia captada pelo sol nos coletores é insuficiente para fazer circular a água entre os coletores e o reservatório térmico, ele aciona a bomba hidráulica. É um sistema que – no nosso caso - só se justifica em sistemas de grande porte, para edifícios com grandes consumos de eletricidade.

Vantagens

Os sistemas termossifão são relativamente baratos, embora os preços variem em função das despesas de instalação e do grau de massificação dessa mesma instalação.

Uma vez que não envolvem bombas hidráulicas e outros controles, eles não requerem qualquer manutenção significativa.

Desvantagens dos sistemas termossifão

Quando as temperaturas baixam para níveis muito baixos (abaixo dos 0º C), os sistemas deixam de funcionar e têm que ser adequadamente drenados. Para evitar este tipo de problemas, alguns modelos vêm dotados de sistemas de bombagem de água.

A questão do peso do reservatório (cilindro) de água pode também ser um inconveniente a considerar, em alguns contextos. O peso do cilindro, quando cheio, é significativo e pode requerer algum tipo de reforço nas estruturas do telhado.

Alternativas aos sistemas termossifão (Climas Moderados e Quentes)

Há sistemas de aquecimento de água mais complexos, para responder às necessidades dos climas frios, que não se justificam em climas como os brasileiros ou os portugueses. Eles são significativamente mais caros e envolvem custos de manutenção maiores.

aquecedores de água icfE há igualmente sistemas mais simples, nomeadamente os sistemas ICS (Integrated Collector Storage).

Estes sistemas são muito similares aos painéis solares planos hidráulicos, apenas como uma maior altura (pelo menos 15 cm). A água é diretamente aquecida e armazenada no coletor (não há um reservatório separado para armazená-la).

São sistemas que podem levantar problemas, mesmo em climas quentes (devido ao possível sobreaquecimento da água); por outro lado, uma vez que não envolvem reservatórios específicos de armazenamento da água quente, eles põem constrangimentos em termos de utilização da água e escalonamento de banhos…

E como são sistemas que não estão a ser produzidos em grande escala, apesar de bastante rudimentares (ou simples, se quisermos), os seus preços não são necessariamente tão baixos quanto poderíamos supor.

 

 

 

Top or Home PageConteúdo relacionado
Contents Topo .... Início