ConstruÇÃo de alvenaria

A construção de alvenaria – usando materiais como o tijolo cerâmico e o concreto/betão – é de longe o tipo de construção dominante em Portugal e no Brasil. A construção em madeira ou em aço galvanizado, ou formas de construção híbrida, têm uma expressão menor.

Seja como for, a construção de alvenaria pode diferir bastante no tipo exato de materiais utilizados e na sua qualidade. E as paredes externas são um bom exemplo disso mesmo.

Exemplos de paredes de alvenaria

Parede de pano �nico com isolamento exteriorParede de pano único com isolamento interiorAs imagens que se juntam esquematizam alguns exemplos de construção de paredes externas de alvenaria. São casos-tipo identificados pela Eurima, a organização profissional dos fabricantes de lã mineral. Naturalmente, na prática, há muitas variantes e, se quisermos, outros “tipos”.

Os exemplos aqui referidos são apenas isso: exemplos de algumas opções comuns, em que as várias “camadas” que constituem a estrutura das paredes podem diferir em termos de materiais utilizados e em termos da sua espessura relativa.

Parede dupla com isolamento parcial da caixa de ar1ª imagem, acima: parede de pano simples com isolamento no seu exterior.

2ª imagem, acima: parede de pano simples com isolamento no seu interior.

3ª imagem: parede dupla com isolamento parcial da caixa-de-ar.

Parede dupla com isolamento integral da caixa-de-ar4ª imagem: parede dupla com isolamento integral da caixa-de-ar.

De referir que estas duas últimas soluções dependem bastante – em termos de eficiência térmica - dos materiais que forem utilizados nas caixas-de-ar e da largura dessas caixas; por outro lado, elas ficarão sempre aquém do ideal se não forem complementadas por adequado reboco térmico, isto é, por uma segunda camada de material isolante sobre toda a parede, no seu interior ou exterior, ou se pelo menos não se fizer isolamento térmico do vigamento.

Materiais usados nas camadas que compõem a parede

O tijolo (cerâmico, de betão celular autoclavado, tijolo maciço, tijolo furado, tijolo térmico, ou outro) e o concreto/betão são normalmente os materiais de suporte da parede; a parte maior das paredes de alvenaria é frequentemente composta por tijolo ou, alternativamente, por uma camada de concreto/betão, ou uma combinação de ambos.

Os isolantes térmicos são outra componente importante da estrutura da parede; eles não faziam parte da construção de alvenaria antiga, e ainda hoje são muitas vezes minimizados na sua importância e, regra geral, instalados em quantidades demasiado reduzidas.

Razões imediatas de custo levam à incorporação de baixos níveis de isolamento térmico, ou de níveis muito abaixo dos ideais, o que acaba por se traduzir em casas termicamente desconfortáveis e em elevados custos de climatização - com todo o impacto ambiental negativo que isso tem (ver A inesperada relação entre as paredes dos nossos edifícios e as centrais elétricas fósseis e nucleares).

Uma terceira categoria de materiais incorporados nas paredes são os rebocos de argamassas de cimento, os revestimentos cerâmicos, o gesso laminado, a massa de gesso e materiais análogos.

Em muitos casos, como se referiu acima, a parede tem também uma caixa-de-ar, que pode ou não ser totalmente preenchida com material isolante.

O objetivo inicial dos regulamentos de construção, ao exigirem a caixa-de-ar e paredes duplas, era eminentemente térmico, mas a situação alterou-se entretanto. Hoje, são cada vez mais os adeptos das paredes com caixa-de-ar totalmente preenchida por material isolante ou mesmo de paredes de pano único, sem caixa-de-ar, em que o material isolante é colocado noutro ponto da estrutura da parede.  

 

 

 

Top or Home PageConteúdo relacionado
Contents Topo .... Início