ConstruÇÃo em aÇo galvanizado

Tal como acontece com a construção em madeira, o uso do aço galvanizado na construção de edifícios levanta legítima curiosidade e algumas interrogações, sobretudo se tivermos em conta as vantagens reclamadas pelos fabricantes de perfis e estruturas de aço para construção.

Até que ponto o uso do aço em vez do concreto/betão pode tornar a construção mais rápida, mais resistente, ou mais económica? E qual é o seu impacto ambiental e energético? E quais são as suas vantagens ou desvantagens em termos térmicos e, consequentemente, em termos de conforto e de gastos com climatização?

Eis algumas dicas, sublinhando os prós e os contras deste tipo de construção.

Vantagens da construção com estruturas de aço galvanizado

Força estrutural, durabilidade e peso
As vigas em aço são leves e estruturalmente muito resistentes; contrariamente ao que muitas pessoas julgam, elas podem pesar 30% a 50% menos do que estruturas equivalentes em madeira.

Impacto ambiental
As estruturas de aço galvanizado usado em construção são 100% recicláveis e contêm cerca de 20-25% de material reciclado. É o seu lado positivo. Infelizmente, cerca de 75%-80% do seu conteúdo provém de matérias-primas não renováveis e o seu processo de fabrico é bastante intensivo em termos energéticos.

Estandardização, qualidade e tempos de construção
Tal como a construção moderna em madeira, a construção em aço galvanizado envolve produtos estandardizados e pré-fabricados, previamente desenhados e dimensionados (em vários tamanhos standard), prontos a serem montados no local da construção dos edifícios. Isso acelera os tempos de construção, tornando-a mais barata do que a construção em betão/concreto.

A estandardização e a pré-fabricação em larga escala das vigas, perfis e outras estruturas em aço é, por norma, garantia de qualidade.

Resistência a insetos e ao fogo
As estruturas em aço são obviamente resistentes a insetos e apresentam uma elevada resistência ao fogo, embora não sejam exatamente à prova de fogo. Elas poderão colapsar se as restantes estruturas do edifício forem consumidas pelo fogo.

Resistência à água e humidade
É uma das qualidades naturais do aço galvanizado.

Uso em paredes interiores
As vigas em aço são uma boa escolha para paredes interiores, onde a condutividade térmica do aço não tem implicações negativas, e onde se pode beneficiar dos seus baixos custos relativos e do aceleramento dos tempos de construção. Elas podem combinar com estruturas em madeira ou concreto/betão.

Desvantagens

Alta condutividade térmica
É a grande desvantagem do uso do ar galvanizado; uma vez que o aço é particularmente condutor, sem um adequado isolamento do vigamento e dos perfis, pilares e armaduras em aço, o valor térmico dos materiais que venham a ser instalados nas cavidades dos edifícios pode cair até 50%.

Sem adequados níveis de reboco térmico – uma camada de pelo menos 5 mm de poliestireno ou outro material equivalente sobre toda a envolvente do edifício ou pelo menos sobre as partes em aço – comprometerá o conforto e a eficiência térmica do edifício e elevará os gastos em climatização.

Tempos de construção/montagens
O uso de estruturas em aço requere parafusos, rebites e ferramentas apropriadas, a nível da montagem; algo que pode esbater parte das vantagens a nível dos tempos de construção, pelo menos por comparação com a construção em madeira.

 

 

 

Top or Home PageConteudo relacionado
Contents Topo .... Inicio