Esquadrias/caixilhos de janelas: PVC, alumínio, aÇo, madeira, fibra de vidro?

A qualidade das janelas depende imenso do tipo de materiais utilizados nas suas esquadrias/caixilhos: alumínio, aço, PVC, madeira, madeira coberta, fibra de vidro…

A eficiência energética, a durabilidade, a resistência e os requerimentos em termos de manutenção estão largamentre dependentes dos caixilhos/esquadrias; é algo pelo menos tão importante quanto o número de painéis de vidro, ou as películas metálicas, o gás de enchimento e os espaçadores que compõem as janelas modernas.

Esquadrias (caixilhos) de alumínio

O alumínio é um material leve, não corrosivo e extremamente resistente, que virtualmente dispensa manutenção. São grandes vantagens.

Infelizmente o alumínio é também um material com extrema condutibilidade térmica. E isso é muito negativo para o desempenho das janelas, mesmo que o perfil seja muito simples e compacto. As esquadrias das janelas transformam-se facilmente numa ponte térmica com o exterior.

As janelas de alumínio acabam por ser uma causa importante de ganhos indesejados de calor, no verão, e de perdas de calor em climas frios, onde também são causa de problemas envolvendo condensação a nível dos vidros.

Para minimizar estes efeitos, muitos fabricantes introduzem um corte ou reforço térmico, ou seja, introduzem um perfil de material não condutor entre as componentes do caixilho/esquadria. E podem também isolar as cavidades. São elementos que melhoram em grau significativo o desempenho das janelas de alumínio, mas que não é suficiente.

Esquadrias/caixilhos de alumínio são uma má escolha, sob o ponto de vista térmico; elas prejudicam gravemente os níveis de conforto térmico dos edifícios onde estão instaladas e são responsáveis por altos gastos em eletricidade e gás, a nível climatização dos edifícios. Algo que tem também um enorme impacto ambiental: os biliões de janelas baratas de alumínio instaladas em dezenas de milhões de edifícios são diretamente responsáveis por gastos enormes em aquecimento e arrefecimento, a que corresponde a emissão de centenas de milhões de toneladas de CO2 e outros gases de estufa a nível das centrais de produção de eletricidade e gás. Ver: Janelas e gases de estufa.

Caixilharias/esquadrias de alumínio podem de facto ser ótimas em termos de resistência, durabilidade, manutenção e preço (aquilo que mais atrai os compradores e determina o êxito comercial destas janelas) mas são uma péssima opção a outros níveis: conforto térmico, faturas energéticas e impacto ambiental.

Esquadrias/caixilhos de aço

Muito comuns no Brasil, este tipo de esquadrias envolve também uma elevada condutibilidade térmica. Elas partilham as mesmas desvantagens das janelas de alumínio, embora numa escala inferior. Não escolha janelas com esquadrias de aço.

Esquadrias/caixilhos de madeira e de folhas de madeira

As janelas com esquadrias em madeira são termicamente mais vantajosas do que as de aço ou alumínio, desde que essas mesmas esquadrias sejam suficientemente espessas. Mas, por outro lado, têm desvantagens bem conhecidas: não são duráveis, exigem demasiada manutenção e são normalmente mais caras que as janelas metálicas.

Para superar os inconvenientes a nível da sua manutenção e da durabilidade, alguns fabricantes estão a oferecer versões melhoradas de folhas de madeira com cobertura metálica ou plástica (alumínio lacado, PVC), o que melhora significativamente a qualidade da janela sob o ponto de vista da manutenção e durabilidade.

Mas a qualidade térmica destas janelas fica bastante aquém do ótimo.

Janelas de PVC

O vinil/PVC é um plástico versátil, com muito boa qualidade térmica (isolante). Daí que as janelas de PVC sejam normalmente uma boa escolha – muito melhor que as janelas de alumínio, aço (ou madeira).

O problema é a qualidade do PVC utilizado nas esquadrias/caixilhos. Essa qualidade pode variar imenso, afetando a durabilidade das janelas.

Ou seja: as janelas em PVC são uma excelente escolha sob o ponto de vista térmico, mas assegure-se da qualidade desse mesmo PVC. Formulações baratas não asseguram estabilidade dimensional e alta resistência à radiação solar e a temperaturas extremas.

Prefira também perfis com as suas cavidades preenchidas com material isolante.

Janelas com esquadrias/Caixilhos de fibra-de-vidro

Trata-se de janelas pouco conhecidas a nível do mercado brasileiro e português, mas que podem ser extremamente resistentes, sem manutenção e termicamente excelentes. A fibra de vidro expande e contrai menos que o PVC, o que garante maior integridade e reduz os riscos de empenamento e infiltração de ar.

Conclusão: trata-se de uma excelente opção, com uma grande desvantagem: o seu alto preço. Algo que pode tornar as janelas com um bom PVC uma melhor escolha.

Ver:
Elementos que determinam a qualidade das janelas
Janelas e etiquetas energéticas

 

 

 

Top or Home PageConteudo relacionado
Contents Topo .... Inicio