Sistemas de baixa voltagem para iluminaÇÃo noturna de pÁtios e exteriores

Os sistemas de baixa voltagem (12 volts, em vez de 110/120 volts) são muito utilizados para iluminar caminhos associados a moradias e outros edifícios, ou jardins, pátios e detalhes arquitetónicos.

Mas atenção: baixa voltagem não significa mais consumo elétrico. A eficiência energética destes sistemas depende fundamentalmente do tipo de lâmpadas utilizadas, e da utilização de sensores, células fotoelétricas e interruptores automáticos.

Kits de baixa voltagem

Os fabricantes estão a oferecer kits completos e modulares, ou seja, desenhados para serem expandidos em momentos posteriores, sempre que necessário. Eles são normalmente concebidos para serem instalados em sistema Faça-o Você mesmo.

Embora hajam sistemas muito baratos, os preços variam imenso, em função da capacidade do transformador, ou da qualidade dos cabos. Os melhores sistemas podem custar duas ou três vezes mais que os sistemas mais comuns.

Prefira sistemas equipados com lâmpadas economizadoras (LEDs our CFLs); evite sistemas funcionando com lâmpadas incandescentes (as lâmpadas tradicionais) ou mesmo de halogéneo (elas apenas permitem poupanças da ordem dos 25% em relação às lâmpadas tradicionais) a não ser em casos em que o sistema apenas funciona por curtíssimos períodos diários (alguns minutos, cada noite).

Escolha sistemas certificados, para uma duração superior e poupanças energéticas.

Não se esqueça de que estes sistemas têm que suportar condições externas severas, e que sem adequada proteção contra o impacto do sol, da água e dos elementos em geral, a sua durabilidade será sempre muito limitada.

Número de lâmpadas

O número de lâmpadas que podem ser associadas ao transformador de baixa voltagem varia com a capacidade desse mesma transformador e com o consumo das lâmpadas.

Se o transformador tiver uma capacidade de, por exemplo, 100 watts, então o consumo energético total das lâmpadas não pode exceder esse valor (20 lâmpadas de jardim, de 5 watts cada, por exemplo).

Tenha pois em atenção o tipo de lâmpadas e o seu consumo elétrico. Não se esqueça de que as LEDs e as fluorescentes compactas (CFL) consomem cerca de 4 vezes menos que as lâmpadas fluorescentes tradicionais. Uma lâmpada LED de 1 watt ilumina o mesmo que uma lâmpada incandescente de 4 watts e pelo menos o dobro de uma lâmpada de halogéneo.

Sistemas de baixa voltagem vs. Sistemas solares de iluminação noturna; Vantagens e desvantagens

Os sistemas de baixa voltagem podem garantir maior controle sobre os locais onde as lâmpadas podem ser colocadas (eles não têm que beneficiar de luz solar, e podem ser colocados em lugares mais abrigados) e sobretudo garantem maior fiabilidade em termos de emissão de luz.

Mas os sistemas solares de iluminação noturna também podem oferecer vantagens significativas: a sua instalação é mais simples, já que não requer ligações elétricas e transformadores. Além disso não têm custos operacionais.

O grande problema com os sistemas solares de iluminação noturna é a sua qualidade e preço inicial. Os sistemas solares mais baratos e comuns, não oferecem fiabilidade e durabilidade, e os sistemas baseados em placas fotovoltaicas e baterias de níquel-cádmio podem ser significativamente mais caros que os sistemas de iluminação em baixa voltagem.

 

 

 

Top or Home PageConteúdo relacionado
Contents Topo .... Início