MÁquinas de lavar louÇa: consumo elÉtrico e eficiÊncia energÉtica

As máquinas de lavar louça consomem muito menos eletricidade do que eletrodomésticos como geladeiras/frigoríficos ou máquinas de secar e lavar roupa. Mas são ainda assim um eletrodoméstico que consome quantidades significativas de eletricidade e água, a que há que dar a devida atenção.

As máquinas de lavar louça atuais são bastante mais eficientes do que as de há alguns anos atrás, e há uma diferença muito significativa entre unidades eficientes e não eficientes.

Consumo de Água

Na compra de um nova máquina prefira um modelo com um baixo consumo de água. Os melhores modelos consomem menos de 7,5 litros de água por ciclo, o que é muito bom relativamente a modelos antigos.

É algo muito importante, não só a nível dos consumos de água, mas também por razões de consumo de eletricidade, já que grande parte da energia consumida se associa ao aquecimento de água.

Etiquete brasileira para geladeirasEficiência energética

Na compra, considere prioritariamente máquinas da classe A (Brasil) ou A+++ ou A++ (Portugal).  

Uso de painéis solares

Considere unidades com ligação a painéis solares térmicos (fornecimento de água quente).

Tamanho da máquina

Não compre uma máquina maior do que as suas necessidades. Não é tanto uma questão de custo inicial: é sobretudo uma questão de gastos de eletricidade e de água. Uma máquina maior tem maiores custos operacionais.

etiquete portuguesa para frigoríficosConselhos na utilização

- Procure utilizar a sua máquina com cargas cheias. Duas lavagens com meia carga, em vez de uma lavagem com carga cheia, pode quase que duplicar os custos de energia e água. Com meia carga, use programas curtos/económicos.

- Use água fria, se necessitar de passar a louça por água.

- Temperatura da água: se a máquina o permitir, baixe a temperatura do termostato da água: os fabricantes recomendam altas temperaturas, e muitas máquinas recentes incluem funções especiais para o concretizar. Mas isso tem altos custos (que não são pagos pelos fabricantes). O uso de temperaturas baixas (à roda de, digamos, 50ºC) pode ser suficiente e permite elevadas poupanças de eletricidade.

- Limpe periodicamente o filtro da máquina e mantenha cheios os depósitos de abrilhantador e sal.

- Use o programa mais ajustado à sujidade da louça. Pode não precisar de programas agressivos. Dê preferência a programas com ciclo de lavagem mais curto e com temperaturas mais baixas.

- Tempo de secagem: casa a máquina o permita, reduza ao mínimo os tempos de secagem – ou desligue a máquina após o enxaguamento. É algo que permite poupanças de eletricidade até 50%, comparativamente ao ciclo de lavagem completo. A fase de secagem é particularmente intensiva em termos energéticos e frequentemente desnecessária.

 

 

 

 

Top or Home PageConteudo relacionado
Contents Topo .... Inicio